Tag: alimentação

14. fevereiro 2018

Frutas na alimentação do bebê

08. fevereiro 2018

A cafeína na gravidez

A cafeína é uma das substâncias mais consumidas do mundo, e pesquisas apontam que faz parte da rotina de 90% das gestantes. Isso porque, além do café, ela está presente em chocolates, refrescos de cola, alguns chás e até medicamentos.

 Sabe-se que uma boa xícara de café é uma ótima aliada para combater a fadiga e a sonolência – sintomas muito comuns da gestação. De acordo com a nutricionista Carla Alberici Pastore, da Universidade Federal de Pelotas, o consumo modesto de cafeína não traz riscos aos bebês. Porém, é preciso estar atento para que não ultrapasse 300 mg por dia, considerando-se todos os alimentos e bebidas ingeridos nesse tempo.

 

O ponto de atenção

 

Alguns estudiosos desaconselham completamente a ingestão de cafeína por grávidas, já que o organismo da gestante demora 18 horas para eliminar completamente a substância do corpo. Cerca de 12 a 14 horas a mais que um organismo comum.

 

 

O que fazer

 

Se a mamãe sente necessidade de ingerir cafeína, a dica é eliminar o hábito após as principais refeições, já que ela contém substâncias “antinutricionais”, que podem prejudicar a absorção de elementos importantes.

Experimente substituir gradualmente a cafeína por sucos de fruta, água e chás de ervas como a camomila ou a menta.

Independentemente da forma como a cafeína é consumida, é importante que a futura mãe consulte seu médico e coloque suas orientações em prática, para que a gestação transcorra com tranquilidade e qualidade de vida para mamãe e bebê.

Veja também: Introdução alimentar do bebê